A indústria de casamentos

A indústria de casamentos

indcasamento2

A indústria de cerimônias e festas vive uma das fases mais aquecidas no país. Nos últimos anos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o mercado de casamentos registrou um crescimento de 25%.

O mesmo estudo observou que as mulheres estão se casando cada vez mais tarde, por volta dos 26 anos. Segundo especialistas, a inserção da mulher no mercado de trabalho contribuiu com o fato das noivas serem cada vez mais velhas.

Mas isso não significa que elas coloquem o matrimônio em segundo plano, pelo contrário! Quando uma mulher prioriza a carreira nos primeiros anos da juventude, ela acumula um patrimônio importantíssimo que se reflete na indústria de casamentos.

Antigamente, muitos noivos precisavam da ajuda econômica dos pais para bancar a festa, e acabavam tendo que aceitar imposições deles na decoração, vestido e andamento geral da cerimônia, já que estavam pagando.

Por isso, quanto mais tempo a mulher fica no mercado de trabalho, mais recursos financeiros ela tem para juntar aos do noivo. E um casal com maior poder aquisitivo tem mais artifícios para realizar a festa que sempre sonharam em ter!

Deixe uma resposta

Fechar Menu

Obrigada!

[contact-form-7 404 "Not Found"]